Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil

Quem passou pela vida em branca nuvem/ E em plácido repouso adormeceu;/ Quem não sentiu o frio da desgraça,/ Quem passou pela vida e não sofreu,/ Foi espectro de homem - não foi homem,/ Só passou pela vida - não viveu. (Francisco Otaviano)

12.4.07

Do Zero

Hora de recomeçar
Recolher as estrelas
Guardar a lua na caixa
Desmontar a galáxia
Pendurar o sol em seu lugar
Desvendar o esquecido
Procurar, procurar...

Juntar as conchas perdidas
Alinhar as nuvens em fila
como fazem aviões
Consentir a despedida
Estancar as lágrimas
derramadas pela falta,
pela solidão e pela saudade
Suprimir o fraco interno
Reagir ao novo externo
Inventar, reinventar...

Hora de reorganizar
Os pensamentos
As folhas dispersas
Os poemas esquecidos
Hora de amparar, escorar,
paralisar o sentimento
na tristeza derramada
dos momentos concluídos

Hora de zerar o relógio
Ajustar o ponteiro
Cativar o tempo
Sentir o lógico
e a idéia que a razão
cria em seu veio

Hora de vagar
Correr, alucinar
Trocar as pernas
Afrouxar o ar peado
Soltar as amuras
Caçar as adriças
Cambar, orçar avante

Hora de vento em popa
De abraçar esse vento...
E abraçar a si próprio
Numa nova aventura!

6 Comments:

Blogger marcela said...

Como consegue?!!
Adorei este poema!! dá vontade de começar de novo mesmo!!! Um sentimento bom de renovação!! Não importa a bagunça q tudo esteja, vamos reorganizar e tentar novamente!!

Muito sucesso para você e suas palavras!!! hehehe..
Beijão!!

18:56  
Anonymous Anônimo said...

É isso aí... estamos sempre tentando melhorar... e assim, sempre recomeçando...
abs,
Tuca

20:29  
Anonymous chlb said...

É sempre bom reavaliarmos e recomeçarmos, mas nem sempre temos coragem...e a vida passa...
Bons fluidos neste poema.

09:25  
Blogger Carolina said...

Primu, esse foi perfeito pra mim, boas palavras e estimulantes!!
bjs

00:11  
Anonymous Cláudio Joaquim said...

Faço orgulhosamente um convite para que possa publicar seus textos em nosso novo espaço de poesias.
O site foi reformulado para que o autor tenha a liberdade de incluir seus textos.
O site: O Melhor da Web, deseja que os grandes talentos do Brasil tenham um espaço, para expressar seus trabalhos.

Nosso site é:
http://www.omelhordaweb.com.br

Página de poesias:
http://www.omelhordaweb.com.br/poesias/

Página para inclusão das poesias:
http://www.omelhordaweb.com.br/poesias/incluir_poesias.php

Qualquer dúvida ou esclarecimento.
Utilize a página de contato do site;
mande email para:
contato@omelhordaweb.com.br
claudiojoaquim@ig.com.br

Aguardo contato e com orgulho a inclusão de seus textos.

11:01  
Anonymous Anônimo said...

Há meses caço nos sites poemas que , na minha opinião, valham a pena...Em geral, frustrada vou dormir.
Hoje vou dormir prenha de poesia.
Obrigada moço
Emília Casas

00:10  

Postar um comentário

<< Home