Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil

Quem passou pela vida em branca nuvem/ E em plácido repouso adormeceu;/ Quem não sentiu o frio da desgraça,/ Quem passou pela vida e não sofreu,/ Foi espectro de homem - não foi homem,/ Só passou pela vida - não viveu. (Francisco Otaviano)

30.6.08

Canção da Saudade

Não é nada
É só ferida de batalha;
É uma fenda rasa na estrada,
a caminho da ilusão.

Não é nada
É só a voz da madrugada:
vento que corta feito uma navalha,
talha fundo o coração.

Não é nada
É só tristeza mascarada
na fantasia de um conto de fadas;
numa tela de Miró.

Não é nada
É só papel, caneta e mágoa;
É solitude, em mim desarrumada,
Onde a saudade ateia nó.

3 Comments:

Blogger Juli Mariano said...

Que lindooooooo isso!

23:38  
Blogger arte com menta said...

não é nada.
é só a moça disfarçada
de sombra e migalha
guardando na chuva
a canção
não é nada.

22:54  
Blogger M.Knox said...

A voz da madrugada é forte mesmo!
Gostei!

beijo
MK

00:56  

Postar um comentário

<< Home