Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil

Quem passou pela vida em branca nuvem/ E em plácido repouso adormeceu;/ Quem não sentiu o frio da desgraça,/ Quem passou pela vida e não sofreu,/ Foi espectro de homem - não foi homem,/ Só passou pela vida - não viveu. (Francisco Otaviano)

17.8.09

Poesia Sobreposta (a eterna recorrência)

O que há dentro do poema,
não é leitura de se abrir os olhos,
nem leitura de fechá-los à noite.
Não é tortura de alimentar o ódio,
nem saúde de curar os vícios.

O que há dentro do poema,
não é capricho de um corpo afoito
nem sossego de um talento lírico.
Não é rabisco de um papel marcado,
nem um evento narrado em papiro.

O que há dentro do poema,
não é sólido, nem líquido;
nem gasoso, nem frutífero.
Não é definido por sua natureza de estado,
nem supostamente um estado de espírito.

O que há dentro do poema
é o que há em qualquer espaço,
mas não é coisa química, nem mundo físico.
Não é a graça do palhaço,
nem a tenebrosa voz do precipício.

O que há dentro do poema
- do poema que trago então comigo -,
não é a métrica do quadrado,
nem a calma de um círculo.

O que há dentro do poema, vos digo:
um poema inteiramente novo,
dentro do poema antigo.

4 Comments:

Blogger Clauky Boom said...

em verdade, vos digo:

a cada leitura um poema novo pode surgir das mesmas palavras mutantes ditas.

a poesia pode.

(vindo te visitar via fina flor, onde adorei palavras tuas e postei no twitter: www.twitter.com/claukyboom)

"A prova de felicidade não é o que se contenta a priori, mas o que se responde quando a vida tropeça"


muack

16:54  
Blogger . fina flor . said...

porque afinal, tudo é reinvenção.

muito bonito, querido.

beijos e boa semana

MM.

13:36  
Blogger . fina flor . said...

passando para beber novidades.... deixando beijos

boa semana, querido

MM.

23:37  
Blogger Antônio said...

Gostei bastante de seus poemas. Vá lá no meu blog fazer uma visitinha. Tem poemas por lá, para eu retribuir o que me ofereceu aqui: panaceunovo.blogspot.com


obrigado e um abraço

03:14  

Postar um comentário

<< Home