Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil

Quem passou pela vida em branca nuvem/ E em plácido repouso adormeceu;/ Quem não sentiu o frio da desgraça,/ Quem passou pela vida e não sofreu,/ Foi espectro de homem - não foi homem,/ Só passou pela vida - não viveu. (Francisco Otaviano)

19.5.08

Máscara

O meu amor não é o escuro;
não é o claro.
É luz de um Almodóvar,
num vermelho intacto.

É o nada e a coisa toda.
É a coruja louca
pasmada na cancela;
a vigilante do teu quarto.

O meu amor é um espasmo.
Não é raso, não é profundo.
É um sofrimento oriundo
de uma alegria do passado.

Não é o calafrio
de um fantasma cego
em meio à multidão.

O meu amor não é fugaz,
não é um estado.
É um arco de absurdo
lançando a flecha envenenada
do acaso.

Não é mascarado, o amor.
Nem multifacetado.
O amor
é o quando quem sou na face
e nada sou no interior.

1 Comments:

Anonymous Tadeu said...

fala feraa..
só pra deixar registrado que eu não comento mas eu leio... heheheh

Abraçoss

17:49  

Postar um comentário

<< Home