Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil

Quem passou pela vida em branca nuvem/ E em plácido repouso adormeceu;/ Quem não sentiu o frio da desgraça,/ Quem passou pela vida e não sofreu,/ Foi espectro de homem - não foi homem,/ Só passou pela vida - não viveu. (Francisco Otaviano)

14.1.09

Eu Lírico

Não sou eu que penso nela.
É meu outro lado, o lírico,
o solitário.
Como o lampadário do sol,
relampejado na lua
e derramado no espaço.
Não sou eu!
Não sou tão descarado.

3 Comments:

Blogger Clara Mazini said...

Ótimo podermos ir descobrindo os nossos eu(s), e até onde eles podem chegar.

Belo texto! Abraço para você(s).

08:29  
Anonymous Fabiana said...

a solidão no amor
é a pior dor do poeta,
mas é inspiração!

canta a saudade,
chama o luar,
envolve-se em estrelas
e chora por aquela que não veio.

suspira o desconhecido,
abraça as letras chorosas,
em suaves versos solitários.

12:47  
Anonymous Anônimo said...

Muito bom.
Agora, o que voce acha de participar da orquestra do youtube???
http://br.youtube.com/user/symphonybrasil
abs
Tuca

12:06  

Postar um comentário

<< Home