Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil

Quem passou pela vida em branca nuvem/ E em plácido repouso adormeceu;/ Quem não sentiu o frio da desgraça,/ Quem passou pela vida e não sofreu,/ Foi espectro de homem - não foi homem,/ Só passou pela vida - não viveu. (Francisco Otaviano)

11.2.09

Insônia de Lua Cheia

Parece dia, mas eu durmo.
Deitada, minha cabeça,
Num travesseiro de pluma.
No meio da rua,
Num sono profundo.

Meu sonhos me dão paura.
Os morcegos, as corujas,
As estrelas... Acham-me todos na rua
Usando de enormes lupas.

Pairo em meu luto de insone.
E em minha madruga,
Quem se presta a ser meu cicerone
É o imenso olho-catarata,
Em forma de Lua.

1 Comments:

Blogger Daniella said...

Ô Lua intrometida!! haha! :p

15:29  

Postar um comentário

<< Home