Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil

Quem passou pela vida em branca nuvem/ E em plácido repouso adormeceu;/ Quem não sentiu o frio da desgraça,/ Quem passou pela vida e não sofreu,/ Foi espectro de homem - não foi homem,/ Só passou pela vida - não viveu. (Francisco Otaviano)

24.7.07

Sorriso

Cada brilho que esqueço,
Uma estrela aparece.

E um sorriso no céu
De menina do vento
Parece criar na retina
Um sentido diferente
Uma forma arredondada
Das curvas do infinito
Que pensava seguir reta
Consistente, levemente abaulada
Como um sorriso:
Um sorriso da noite
Em forma de amada.

3 Comments:

Blogger dianasan said...

lindo...

22:32  
Blogger dianasan said...

umas coisas que vc escreve me lambram florbela espanca. aquele "soneto de um poeta mudo" é um exemplo. me lembra também a forma como eu escrevia há um tempo atrás...

02:06  
Anonymous Gabriela said...

sereno e sensível!

11:09  

Postar um comentário

<< Home